Subscribe News Feed Subscribe Comments

31/12/2009

Como se diz na minha terra "Pamordedês"

Já me estou a passar! Por vezes chego a uma altura em que só me apetece dizer "Fdx, ganhem juízo". Se há coisa que me irrita com muita facilidade, é por exemplo esta altura do ano! O consumismo à volta das compras, dos vestidos mais in, dos sapatos mais piriri, a ida ao cabeleireiro para fazer as torres de cabelo com laca e o "ajuntamento" de doses excessivas de cagança e mais cagança. Peço desculpa pela linguagem, mas será que vale realmente a pena gastar-se o que se tem e o que não se tem para ir para a "passagem de ano" com um modelito topo de gama? Como se diz na minha terra "Pamor-da-Santa". Não sou hipócrita ao ponto de dizer que não gosto de fazer compras. Sim gosto. Mas não faço compras para aparentar ser uma pessoa diferente daquilo que sou cá dentro. Dá para perceber?
Irrita-me ver a ideia que as pessoas têm do Ano Novo...! Para mim, é um dia igual a qualquer outro, ou seja, nada muda se eu não fizer alguma coisa para as coisas mudarem realmente. Regra geral, as pessoas esperam que o ano novo lhes traga a sorte, o amor, a saúde ou seja lá o que for. Nós é que fazemos a nossa sorte com as atitude que temos no dia-a-dia.
Para mim a passagem de ano ideal é que essa seja passada com a minha família e com os meus amigos mais chegados, aproveitar esse dia para comemorar os bons e maus momentos que passamos juntos e fazer votos para estarmos sempre unidos seja qual for a altura do ano.


8 comentários:

siceramente disse...

lool eu nem pedi desejos :S esqueço-me sempre disso LOL

Menina do Mar disse...

Olha este foi o primeiro ano que passei fora de casa, passei no casino de Lx e não gostei nada, porque se viu exactamente isso que descreves... :s E a única coisa que eu queria era estar descansadinha em casa com amigos, a passar mais um dia no meio de risos e gargalhadas que as nossas peripécias do ano anterior sempre geram...

Pinkk Candy disse...

Cada cabeça sua sentença.
Muita gente, quer aparentar o que não é, nem pode, e isso é ao longo do ano assim, infelizmente!
A passagem de ano é mais uma comemoração, para quem trabalha é mais um dia de folga. Tenho para mim, que inventaram estas festividades para a vida não ser só trabalho. :-)

xoxo

FlyLipaFly disse...

Siceramente - lol e se pedisses mudava alguma coisa? =P**


Menina do Mar - normalmente nesses sítios, perde-se muitos momentos :\ Mas espero que faças de tudo para ter um ano com tudo aquilo que mereces =)**

Pinnk Candy - Eu respeito quem tem passagens de ano "diferentes" das minhas.. mas irrita-me um pouco o desperdício da época. Enfim, teoria =)**

Beijinhos

Bruno Carvalho disse...

BOA!
Eu penso o mesmo um dia igualzinho aos outros!
Como se precisassemos de datas fixas para nos divertirmos e estarmos com os amigos.
Essa data é uma autêncitca fogueira de vaidades e de hipocrisias.
bjs

Bruno Carvalho disse...

Visita-me tb em www.notesofemotion.blogspot.com

;)
bjs

Abelha Charlatona disse...

Ups, não consigo seguir te :O

FlyLipaFly disse...

Bruno - A sociedade parece que está orientada nesse sentido. Faz-me muita confusão :s
Bjinho

Abelha Charlotona - não sei o que se passa com o blog, por vezes (quase sempre) passa-se e não faço nada dele -.-

 
« I cRoSs ThE sKy ' » | TNB